Infantil 3

Morcegos  – Professora Juliane

A turma do Infantil 3 decidiu estudar os morcegos no início de 2015. A professora Ju, com a ajuda dos pais e da comunidade da Éspasso Escola, trouxe para os pequenos livros e revistas com informações sobre esses animais que mexem com a nossa imaginação. As crianças aprenderam sobre os vários tipos de morcegos, seus hábitos, sua alimentação e a importância que têm no processo de reprodução das plantas. Aproveitaram também para expressar suas próprias ideias e fantasias a respeito dos morcegos. No final do projeto, fizeram uma excursão ao Museu de História Natural da UFMG, no Horto, que conta com um setor especializado em morcegos. No museu, assistiram a um pequeno vídeo e puderam até tocar nos morcegos do acervo.

Descobertas das crianças:

– Existem vários tipos de morcegos: os frugívoros, que comem frutas; os vampiros, que bebem sangue; os insetívoros, que comem insetos; os pescadores, que comem peixes.

– Os morcegos mamam, então são mamíferos. São os únicos mamíferos que voam.

– Os morcegos dormem de cabeça para baixo.

– Os dedos dos morcegos formam as asas; as asas são membranas entre os dedos.

– As asas dos morcegos são maiores do que o corpo.

– Os morcegos fazem sons que nós, os humanos, não escutamos.

– A maioria dos morcegos é noturna – dorme de dia e se movimenta à noite.

– O cocô dos morcegos ajuda as plantas, espalhando as sementes.

– Os morcegos que bebem sangue fazem um furinho bem pequeno no animal e chupam por esse furinho; o animal não sente dor, porque na boca do morcego tem um anestésico.

– Os morcegos gostam de morar em árvores, cavernas ou casas abandonadas. Moram sempre em bandos.

Infantil 4

Os bichinhos que moram em nosso corpo – Professora Yara

A turma do Infantil 4 viveu um processo muito rico na escolha de seu projeto de pesquisa no início de 2015. Nas rodas de conversa realizadas para propor e escolher um tema, a professora Yara sentiu que eles não estavam verdadeiramente interessados em nenhuma das propostas feitas. Mas, na mesma época, tivemos uma invasão de piolhos nas cabeças das crianças da escola e enviamos aos pais um bilhete falando sobre isso. Quando Yara leu para as crianças o bilhete que levariam para casa, elas se mostraram muito curiosas sobre esses bichinhos. Nasceu daí, então o projeto “Os bichinhos que vivem em nosso corpo”, que teve como objeto principal os piolhos, mas que também se dedicou um pouco aos carrapatos, às pulgas e ao bicho de pé. As crianças se divertiram aprendendo bastante sobre esses bichinhos, a forma de seus corpos, a quantidade de pernas que possuem, o que comem, o que nos causam quando invadem nosso corpo. E tiveram um momento muito rico de experiência quando puderam observá-los em um microscópio, o que proporcionou a elas, além da surpresa de ver o corpo dos piolhos com detalhes, o contato com as noções físicas no campo da ótica – o que são lentes, como enxergamos através das lentes, a diferença entre enxergar algo muito pequeno a olho nu e através do microscópio.